É possível construir uma carreira no interior?

Profissional de RH conta sua experiência trabalhando no interior e dá dicas de carreira para quem está fora das metrópoles


Você prefere a tranquilidade do interior ou o corre-corre, algumas vezes caótico, dos grandes centros? Nas metrópoles estão as grandes empresas, a maior parte das indústrias, e também muitas oportunidades e é natural que quem tem ambição de crescer profissionalmente opte pelas grandes cidades. Porém existem boas oportunidades também no interior e, se o profissional souber aproveitar, pode combinar sucesso na carreira com a qualidade de vida do interior.

Carreira e Você entrevistou a leitora Priscilla Bhering, que trocou a capital pelo interior e está muito feliz por sua escolha. Bióloga de formação Priscilla escolheu trocar os laboratórios pela carreira corporativa, tendo 9 anos de experiência nas áreas de sustentabilidade e recursos humanos. Trabalhou na República Dominicana e América Latina por 5 anos e após passar 9 meses aperfeiçoando o inglês nos EUA ela decidiu voltar ao Brasil. Pensando inicialmente em continuar sua carreira em São Paulo, ela acabou aceitando uma proposta para trabalhar em Ituberá, interior da Bahia e nos conta sua experiência



Carreira e Você: Como foi sua decisão de ir trabalhar no interior? 
Priscilla Bhering: Quando eu voltei ao Brasil achei que seria fácil me recolocar no mercado por estar trazendo no currículo a tão procurada experiência internacional, mas não foi bem assim. Foram mais de 15 entrevistas e incontáveis currículos enviados. A dificuldade de  readaptação ao Brasil, e reingresso no mercado para quem mora fora, já mencionada no blog Carreira e Você, é totalmente verdade!!! (Veja um post sobre o assunto aqui.)

Voltar para a empresa em que eu já trabalhava na República Dominicana era meu foco, até que surgiu a oportunidade. Assumi um desafio na área de pessoas em um programa e ambiente diferentes, numa região a 4 horas de Salvador. 


O primeiro passo para aproveitar a oportunidade é estar alinhado ao propósito e filosofia da empresa. Isso faz com que seu trabalho tenha sentido pra você e seus colegas, seja onde for. E cada lugar, com certeza, tem algo muito bom para oferecer: pessoas, histórias, culinária, cultura, turismo, praias.....sempre uma infinidade, só cabe a você enxergar isso. Além de poder contribuir e aprender com profissionais com perfis totalmente diferentes, que se desenvolveram fora da rotina caótica dos grandes centros. Ir andando para o trabalho, sem trânsito e ter comida caseira no restaurante que é na casa de alguém, não tem preço. E as relações interpessoais são muito mais próximas. Você aprende a resolver problemas face to face, afinal, não precisa mandar e-mail ou ligar para a pessoa que está a seu lado. E o mais importante, aprende a respeitar as pessoas locais que trabalham com você, afinal, você não é melhor por ter nascido numa cidade maior.

C.V.: Na sua opinião, quais são as vantagens e desvantagens de se trabalhar em escritórios menores da empresa no interior versus trabalhar em escritórios das capitais?
P.B.:Já tive a oportunidade de trabalhar nos dois ambientes, e confesso que não sei qual é melhor opção. Me adapto aos dois. No interior você acaba tendo mais liberdade e autonomia, tanto com horários como em decisões, mas isso só funciona com maturidade e responsabilidade. A qualidade de vida e o contato com pessoas com ritmo de vida diferente ao que estamos acostumados é um ponto, para mim, muito positivo. Acho que isso agrega valor ao seu perfil como pessoa e profissional. Mas para quem gosta de uma vida social mais agitada, com agenda cheia de compromisso (academia, hobbies com amigos, cursos, baladas, entre outros), talvez seja um sacrifício. Trabalhar no interior pode ser visto como seu novo estilo de vida ou uma oportunidade temporária para encarar um desafio maior depois, que é o meu caso.

C.V.:Qual é sua estratégia para, mesmo estando no interior, manter-se no radar da matriz e continuar seu desenvolvimento de carreira?
P.B.:Primeiro sempre me mantenho alinhada ao meu líder, isso é fundamental para qualquer perspectiva de crescimento na organização. E sempre me mantenho atualizada com o portal, agência de notícias e revistas internas. A organização é muito grande, então, independente se moro na capital ou no interior da Bahia, os meios de comunicação são os mesmos. A diferença está no meu desempenho e compromisso.

C.V.:Como profissional de RH, na sua opinião, qual a importância do profissional ter disponibilidade de trabalhar fora dos grandes centros?
P.B.:Mobilidade e adaptabilidade são características essenciais para as grandes empresas hoje em dia. Ainda vejo pessoas com potencial perdendo muitas oportunidades de crescimento por não quererem sair da zona de conforto. É uma escolha de cada um no seu plano de vida e carreia, mas vejo poucas atitudes. Ainda assim, respeito as escolhas de cada um!

C.V.:Qual a sua dica para profissionais que trabalham fora da matriz da empresa serem notados e terem um bom crescimento de carreira?
P.B.:Primeiro que quando um profissional tem potencial e um bom líder empenhado em formá-lo e avaliá-lo, ele não precisa estar na matriz pra ser notado, isso vai acontecer naturalmente. Acho que todos para crescerem profissionalmente, e até do ponto de vista pessoal, devem ter ambição de propósitos. Característica essa presente nas lideranças. Porém não se pode esquecer que existe um caminho a  ser percorrido e muitas vezes ele é longo. Entendo a ansiedade para se chegar logo ao cargo desejado, mas os passos devem ser percorridos, senão o profissional se tornará um líder cheio de dúvidas e sem conteúdo. A liderança deve ser conquistada. Se for imposta, não é líder, é chefe, e disso os cargos públicos estão cheios. No meio corporativo esta prática já está sendo extinta. Ainda acredito que buscar a excelência de resultados, superação a cada dia fazendo o que é correto, é o melhor caminho para o sucesso.

Você trabalha ou já trabalhou no interior? Aceitaria uma proposta para se mudar de uma metrópole para uma cidade menor? Compartilhe conosco suas experiências!


Entrevista by Exec

8 comentários :

  1. Eexcelente entrevista! Muito atual o tema e compartilho da opinião da entrevistada!!! abraço, leitora Alessandra Tavares

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela entrevista. Excelente a visão da entrevistada. .abraços

    ResponderExcluir
  3. Adorei!

    Atualmente trabalho no interior de Goiás e sempre me pego pensando sobre os grandes centros! Com certeza agora vou refletir muito mais sobre o assunto!

    ResponderExcluir
  4. Muy buena nota. Cuando uno tiene potencial, no necesita estar en la casa matriz para que sea notado.

    ResponderExcluir
  5. Interessante. Pra quem está na faculdade ainda é importante se preparar pras surpresas do mercado e focar na "mobilidade e adaptabilidade", sem perdero foco.

    ResponderExcluir
  6. Muito boa a entrevista. Mandou bem!

    ResponderExcluir
  7. Excelente abordagem da Carreira e Você! Gostei da visão da entrevistada. Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Alessandra, Adriana, Izabela, Matías, Laura, Calunga e Elizabete,

    Obrigado pelos comentários! Continuem acompanhando Carreira e Você nas redes sociais e participando das discussões!

    Abraços,

    Carreira e Você

    ResponderExcluir